Ir para o conteúdo

Carmo da Cachoeira e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Carmo da Cachoeira
Acompanhe-nos:
Rede Social facebook_carmo
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
26
26 MAR 2021
ESPORTE
CAPOEIRISTA DE CARMO DA CACHOEIRA É FINALISTA EM CAMPEONATO MUNDIAL
AVALIAR
enviar para um amigo
receba notícias

CAPOEIRISTA DE CARMO DA CACHOEIRA É FINALISTA EM

CAMPEONATO MUNDIAL

Falar sobre capoeira é resgatar nossas raízes, muitas vezes esquecidas, marginalizadas e carregadas de olhares preconceituosos. Mas, ao contrário dos “achismos” a arte da capoeira faz parte da nossa essência, alimenta o corpo e a alma.

É com muita honra que convido você para conhecer um pouco dessa cultura que não é apenas uma dança ou uma luta violenta, e muito menos se limita em uma manifestação cultural de um povo isolado. Mas, sem sombra de dúvidas trata-se de uma ideologia de vida, sabedoria, reverência aos ancestrais e amor a cultura.

A capoeira surgiu entre os escravos como um grito de liberdade, um pedido de socorro, e uma vontade imensa de viver. Não seria diferente para o nosso homenageado de hoje José Antônio Cainele da Silva, mais conhecido como (Monitor Zé Mola) que com seus quatro anos de idade foi atravessado por essa força em ser livre e viver sobre os princípios da capoeira. Incentivado pelos pais, e tendo seus irmãos como exemplo, José se encantou por essa arte e segue lutando firme juntamente com os seus parceiros Lelê e Nego David para que em nossa cidade ela não seja esquecida.

“Quando mais jovem eu gostava tanto do futebol quanto da capoeira. Mas, sabe aquele chamado que vem do coração? Aquele que bate bem forte? Não sei, acabei me apaixonando pela capoeira, não só pela prática do esporte em si, mas, pela história, o significado que ela tem. É sobre isso sabe ? É sobre a importância de representar algo mais forte do que a gente. É ter pessoas maravilhosas como exemplo. É sobre identidade, é sobre minha cor, meu cabelo. É sobre me identificar e saber que não estou só”, disse José.

Devemos sim consolidar a capoeira como arte e através dessa dimensão enfatizar a necessidade de se expressar, que atualmente está cada vez mais escassa dentre as culturas. Trabalhando dessa forma, chegaremos a um norte fundamental, educando de forma global o aluno e demonstrando através da arte, a essência da história de um povo que foram pilares do nosso país.

E para finalizar essa homenagem peço a você que vote no José que está concorrendo há uma vaga em terceiro lugar no World Capoeira Federation (Campeonato da Federação Mundial de Capoeira). É isso mesmo gente ! um cachoeirense está concorrendo em um campeonato mundial levantando a bandeira da capoeira, da nossa cidade, do nosso estado e do nosso país.

Agradecemos ao José pela oportunidade de contar um pouco de sua história, e aos capoeiristas Alexandre e David por sempre estarem levando o nome da capoeira em todos os lugares.

Não deixem de curtir e compartilhar esse post.

Acompanhem o José nas redes sociais:

Facebook : Jose Cainelly

Instagram:

josecainelly@1999

Youtube: monitor Zé mola

Vídeo de Apresentação:

https://www.youtube.com/watch?v=4eEQe6tFPWM

Link de votação:

https://www.capoeira.ws/.../joga.../brackets/64/99/787/

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia