Ir para o conteúdo

Carmo da Cachoeira
Acompanhe-nos:
Rede Social facebook_carmo
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
12
12 NOV 2021
UTILIDADE PÚBLICA
SEXTA-FEIRA  ANIMAL 
enviar para um amigo
receba notícias

A Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira — MG, por meio do setor de comunicação, trouxe uma pauta muito importante a ser discutida na "sexta-feira Animal", a cinomose.




Afinal, o que é cinomose?



A cinomose canina é uma doença infectocontagiosa que afeta cães, causada por um vírus. Ela é altamente contagiosa e costuma acometer cães que ainda não terminaram o esquema vacinal (filhotes) ou que não costumam receber o reforço anual da vacina múltipla (V8, V10, V11 ou V12). A cinomose não afeta os gatos.



Quais são seus principais sintomas?



Os principais sintomas são: apatia, perda de apetite, diarreia, Vômito, febre, secreções oculares (remela em abundância), secreções nasais (pus), convulsões, paralisias, tiques nervosos e falta de coordenação.




Como acontece a infecção?



O cachorro pode pegar cinomose, ou seja, ser contaminado pelo vírus, de diversas formas. Entre elas, pelo contato com secreções, urina e fezes infectadas pelos animais doentes. Além disso, casinha, cobertores e alimentos dos animais infectados também são fontes de infecção. Filhotes e idosos são mais susceptíveis às doenças infecto-contagiosas por terem o sistema imunológico um pouco menos ativo.



👉 Vale lembrar que o contato não necessariamente precisa ser direto/ próximo. A infecção pode acontecer, por exemplo, quando passeamos com nosso "pet" em locais pelos quais passaram animais doentes que eliminaram o vírus na rua, em parques ou outros locais públicos. O diagnóstico de cinomose deve ser feito por um veterinário.



Como prevenir a cinomose?



Para prevenção da doença basta realizar a vacinação anual do seu cachorro. A vacina para cinomose está no pacote oferecido pelas vacinas V8, V10 e V11. No caso de filhotes, devem receber três a quatro doses da vacina a partir de 45 dias de vida, com intervalo de 21 a 30 dias entre as aplicações. Apenas depois da última dose seu sistema imunológico estará apto a combater o vírus caso haja contato com ele, liberados os passeios na coleira.




"Esperamos que tenham gostado desse conteúdo, não deixe de cuidar com responsabilidade do seu "pet". Não deixe de curtir, compartilhar e comentar. Gratidão!"
Local: Carmo da Cachoeira - MG
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia